Humor na Sala de Aula reúne mais de 50 professores

3 de maio de 2018 • Rafael Lacerda

Autor: Flávia Silva Perez / André Thieful

Abertura da primeira oficina

Mais de 50 professores da rede pública e privada de ensino de Piracicaba iniciaram na noite de ontem, 25, a 9ª edição do projeto Humor na Sala de Aula. A proposta é aproximar os docentes e o universo do humor, para que sejam multiplicadores da linguagem. As oficinas integram a programação do 45º Salão Internacional de Humor e seguem até o mês de junho.

Os módulos ministrados pelos artistas Danilo Fernando De Angeli, Elisângela de Freitas Mathias (Belê), Fábio San Juan e Willian Antônio Hussar, abordarão temas como Histórias Jogáveis em Dias de Chuva; O Humor nos Tempos de Cólera; Caricaturas e Animando o Inanimado. A ideia central é repassar conceitos básicos sobre o desenho de humor; linguagem da caricatura e a criação de narrativas.

O arte educador Danilo De Angeli

A primeira aula conduzida pelo arte educador Danilo De Angeli, levou os professores à criação de um mundo paralelo e imaginário, com personagens de características próprias. A base – um jogo de interpretação de papéis -, será suporte para a produção de ilustrações e textos a serem desenvolvidos até o final das oficinas.

Para João Gambaro, da Diretoria de Ensino de Piracicaba, essa é uma oportunidade para os professores trabalharem as disciplinas de forma lúdica. “As aulas passam a ser mais dinâmicas e os alunos aprendem a leitura de charges, caricaturas e outras técnicas, além de desenvolverem o censo crítico”, comentou.

“A proposta de aproximar a arte e a educação fortalece a cada edição, a participação dos estudantes no Salãozinho de Humor, criado para fomentar o desenvolvimento de novos artistas é prova disso. Em 2017 recebemos mais de 4.000 trabalhos”, informou Erasmo Spadotto, diretor do Cedhu – Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba.

“Esse curso auxilia os educadores a conhecer a linguagem do desenho de humor como construção humana, não só como elemento de comunicação, mas como expressão, compreensão e ação sobre seu universo e de seus alunos”, disse a coordenadora de Ensino Complementar da SME, Elaine Galani Albaladejo.

“Achei nesse curso uma oportunidade pra eu aprender mais e poder passar para os meus alunos. O humor torna o aprendizado mais fácil”, disse a professora Carol Durazzo, da EM Professora Edilene Marli Borghese.

Os próximos encontros estão agendados para os dias 02/05, 09/05, 15/05, 23/05, 30/05, 06/06 e 12/06/2018, das 19h às 22h30, no Armazém 14 A, Engenho Central (em frente à ponte Pênsil).

O projeto é realizado pela Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo (SemacTur) e Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico (Cedhu) em parceria com a Diretoria Regional de Ensino de Piracicaba e Secretaria Municipal de Educação (SME).

Fonte: SemacTur

‹ voltar

Redes Sociais